Qual a diferença entre motivação e estímulo?

Por: Flavio Augusto – Geração de Valor

Motivação vem de dentro. São motivos pessoais que te movem a agir. Motivação = motivo + ação. Ninguém é capaz de te motivar a não ser você mesmo, uma vez que esses motivos são muito pessoais.

Estímulo vem de fora. Vários fatores podem te estimular: um prêmio, uma ameaça, uma desejo, um líder, uma empresa, uma estratégia, uma promoção, não ficar pra trás, conquistar status, não perder sua reputação, etc. Basicamente, há dois tipos de estímulos que podem ganhar várias formas:

1. Ter prazer
2. Não sofrer

Observe que os exemplos de estímulos que relacionei acima se encaixam no “ter prazer” ou no “não sofrer”.

Portanto, não delegue sua motivação a quem quer que seja. Não transfira essa responsabilidade, que é somente sua, a um livro, palestrante ou a qualquer desses gurus de redes sociais. Essa tarefa é apenas sua. Para isso, reflita com profundidade sobre o que te motiva. Ou melhor, qual é a sua lista de motivos que te fazem despertar pelas manhãs para conquistá-los durante o dia.

Somente esses motivos serão capazes de mantê-lo de pé na hora da crise e durante os muitos momentos de dificuldade que passamos pela vida.

Quanto aos estímulos externos, eles têm muito menos importância. Podem até, eventualmente, serem adotados como uma boa estratégia TEMPORÁRIA para ajudá-lo a levantar as nádegas da cadeira